ONIK SAHAKIAN


Madonna com O Menino

Serigrafia Intervencionada Ι 49x42 cm
250 €
 

ONIK SAHAKIAN


Onik Sahakian nasceu em 1936, em Teerão, na altura capital do Império Persa, filho de uma família arménio-russa que ali se refugiou após a Revolução Bolchevique de 1917. Ainda muito jovem, inicia a sua educação artística, sobretudo nas áreas da música e da dança recebendo uma bolsa de estudo para frequentar o Curso de Pintura de Miniaturas Persas no famoso Honarestan Zibaé Keshwar (Instituto de Belas-Artes de Teerão). Em 1953 viaja para a União Soviética, com o objectivo de continuar o estudo do ballet e de desenvolver a sua formação artística. Quando regressa ao Irão, ocupa o cargo de consultor do Ministério da Cultura durante cerca de dois anos e é convidado a integrar o estúdio de dança de Madame Yelena Avetisian. É também convidado para o recém criado Ballet Nacional do Irão, dirigido por William Dollar, durante o ano de 1956. Ingressa na Chouniard Art School de Los Angeles, Califórnia, onde conclui o Master em 1964. Paralelamente, desenvolve os seus conhecimentos sobre as técnicas dos pintores clássicos, recebendo lições particulares de vários Mestres de renome. É influenciado inicialmente pela escola francesa, depois pela italiana e, numa terceira fase, pelos impressionistas. Em 1958 conhece pessoalmente Salvador Dali, iniciando uma relação de amizade e colaboração directa que durará dezanove anos. Fascinado pela obra do Mestre, torna-se seu discípulo, e o surrealismo dalineano constituirá, seguramente, a sua maior influência. Em 1969, muda-se de Los Angeles para Nova Iorque, onde funda a sua própria empresa de consultoria de arte e de design de jóias: a “Onik Designs Ltd.”. A exposição de pintura e joalharia que apresenta em 1971 no Centro Rockfeller, subordinada ao tema “O Quadro e A Jóia do Mês” e com a duração de um ano, vai proporcionar-lhe amplo reconhecimento por parte do público e nas páginas centrais dos mais importantes jornais e revistas de Nova Iorque. Em 1976 é nomeado Consultor de Arte do Centro Cultural Niavran de Teerão onde trabalha directamente com Haydeh Changizian, prima-ballerina do Irão. Radica-se em Portugal em 1987, decidido a suspender as suas actividades artísticas, que no entanto retomará por influência e impulso de Ana Maria Botelho, com quem contacta pela primeira vez em 1990. O talento de Onik Sahakian é polifacetado, expressando-se pela pintura, joalharia (muitas das jóias usadas por Dali e Gala são de sua autoria), escultura, cenografia e guarda-roupa para ballet.  (fonte: MAC)


voltar