ÂNGELO DE SOUSA


Sem Título

Técnica Mista sobre Madeira Ι 65,5x55 cm Ι 1961 Ι M
6.900 €

ÂNGELO DE SOUSA


Ângelo de Sousa (1938-2011), iniciou o seu percurso artístico na cidade do Porto, onde frequentou a Escola Superior de Belas-Artes (1955-1963), formando-se em Pintura. A sua nota final de curso (20 valores) junta-o a outros colegas que obtiveram a mesma classificacção, constituindo o grupo Os Quatro Vintes (1968-1972). Beneficiou, entre 1967-1968, de uma estada em Londres, onde frequentou a St. Martin’s School of Art e a Slade School of Fine Art, como bolseiro da Fundacção Calouste Gulbenkian e do British Council. A apresentação pública do seu trabalho iniciou-se em 1956, desenvolvendo a partir de então uma ativa intervenção artística através de diferentes media, desenho, pintura, escultura, filme e fotografia. A cor e o formalismo, que parece nascer organicamente através do movimento do traço, são elementos marcantes do seu processo criativo, que se situa numa esfera minimalista e se estende à escultura. Na pintura, o gesto colorido dá lugar, a partir dos anos 70, a grandes planos cromáticos, gerando jogos geométricos, ou formando espacialidades ambíguas. A sua produção artística foi reconhecida internacionalmente em 1975, na Bienal de São Paulo, onde foi premiado. A partir dos anos 90 realizaram-se várias exposições retrospetivas na Fundacção de Serralves, Centro Cultural de Belém e Fundacção Calouste Gulbenkian. Foi distinguido com o Prémio de Pintura na III Exposição de Artes Plásticas da Gulbenkian (1986), Prémio EDP de Pintura (2000) e Prémio Amadeo de Souza-Cardoso (2007). (Créditos . Leonor Oliveira)


voltar