LUÍS DEMÉE


Sem Título

Serigrafia  Ι 38x46 cm
150 €
 

LUÍS DEMÉE


Luís Demée (Macau 1929 – Porto 2014). Na adolescência, entre 1944 e 1945, foi discípulo de George Smirnoff (1903-1947), arquiteto e pintor de origem russa. Em 1951 realizou a sua primeira exposição individual, que recebeu boas críticas, e participou em exposições do Hong Kong Art Club, em Macau. No ano imediato obteve uma bolsa da Caixa Escolar de Macau, o que lhe permitiu matricular-se no curso de Pintura da Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa. Em 1953, pediu transferência para a Escola Superior de Belas Artes do Porto, onde prosseguiu os estudos. Em 1960 apresentou a sua tese na ESBAP, tendo obtido a classificação de 20 valores. Numa primeira fase, desenhou edifícios e ruas, como o seu professor o instruíra, mas logo foi atraído pelo porto macaense e pelo mar. A partir de certa altura, a sua pintura foi-se tornando abstrata. Está representado no Centro de Arte Contemporânea, no Museu Nacional de Soares dos Reis e na Fundação de Serralves – Museu de Arte Contemporânea, no Porto; no Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian e no Centro Científico e Cultural de Macau – Ministério da Educação e Ciência, em Lisboa; no Museu de Ovar; no Museu Municipal Amadeo de Souza Cardoso, em Amarante; no Museu Luís de Camões, em Macau; e em coleções particulares no país, no Brasil, em Inglaterra, na Alemanha e nos E.U.A. (fonte Sigarra - universidade do porto)


voltar